Wesley Matos admite frustração, mas já fala em fazer “maior pontuação do Vila”

Terminado o duelo contra o Náutico, o Vila Nova se viu sem chance de acesso. Mesmo com a vitória por 2 a 1, o Tigre não pode mais alcançar o G-4 na última rodada, pois o Paraná também venceu e já subiu, assim como o Ceará. Capitão do time, na saída de campo Wesley Matos admitiu a frustração com a perda da vaga. Porém, o zagueiro enalteceu a campanha colorada e estipulou uma nova meta: superar os 58 pontos conquistados em 2008. Basta um empate contra o Londrina para o Tigre conseguir.

– Tem um pouco de frustração, sim, pelo o que apresentamos durante a competição. Ficamos bastante tempo no G-4. Falhamos um pouco no segundo turno, mas também saímos com cabeça erguida. Honramos a camisa do Vila Nova. Colocamos o Vila na melhor posição possível. Ainda temos mais uma partida a fazer. É fazer com dignidade para conseguir o maior número de pontos possível. Agora temos a meta de fazer a maior pontuação da história do Vila. Se vencermos o próximo jogo, conseguimos esse feito. É isso que temos que deixar para a equipe, a torcida e a diretoria.

Wesley Matos fica sem contrato ao fim da temporada, mas está nos planos da diretoria para renovar. As conversas, porém, ainda não começaram. Segundo o zagueiro, há o interesse em permanecer. Ele espera se reunir com a cúpula colorada para chegar a um acordo.

– O contrato acaba agora. Quero ficar. Tenho uma identificação com o clube. Vamos sentar para conversar. Ainda não tivemos nenhuma conversa. Estamos aguardando o contato da diretoria. Gosto de jogar no Vila, pois tem uma torcida imensa. É um lugar muito bom de trabalho.

Sexto colocado com 58 pontos, o Vila encerra sua participação enfrentando o Londrina. O jogo está marcado para sábado, mas pode ser antecipado, pois nenhum clube tem grandes objetivos no torneio.

Fonte: Globoesporte

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!