Vinicius Simon fala sobre confrontos difíceis e explica sobre o time jogar melhor fora de casa

Zagueiro acredita que equipe poderá conquistar bons resultados e se afastar da zona da degola (Foto: Pedro Henrique Geninho/Portal 730)

Zagueiro acredita que equipe poderá conquistar bons resultados e se afastar da zona da degola (Foto: Pedro Henrique Geninho/Portal 730)

Zagueiro acredita que equipe poderá conquistar bons resultados e se afastar da zona da degola (Foto: Pedro Henrique Geninho/Portal 730)

No começo do primeiro turno o Vila Nova perdeu para o Náutico, Vasco, Atlético e CRB. Agora o Tigre enfrenta os rivais novamente. O Vila já perdeu para o Náutico e agora joga contra três dos quatro times que estão no G-4. Hoje o time colorado enfrenta o líder Vasco da Gama no Rio de Janeiro, sábado pega o vice-líder Atlético Goianiense em Goiânia e depois joga fora contra o quarto colocado CRB.

Apesar de acabar perdendo para o Náutico no ultimo sábado, o zagueiro Vinicius Simon não pensa em mais uma série negativa, para ele jogo é jogo. Simon acredita que se o time tiver a mesma atenção durante os 90 minutos será possível somar pontos. Segundo ele o Colorado fez bom primeiro tempo contra o Náutico, mas deixou o nível cair na etapa final.

Não creio nisso (que o Vila para os mesmos adversários assim como no primeiro turno). A gente está sentindo em casa, mas fora estamos fazendo boas partidas. Temos de ter mais atenção. Nosso primeiro tempo contra o Náutico foi excelente, mas no segundo temos espaços. Temos de entrar ligados do início ao fim, porque pegaremos equipes que estão lutando pelo G-4. Queremos pontos para conquistar nosso objetivo, que é primeiramente nos afastar da zona de rebaixamento. disse Simon.

O zagueiro está no Vila Nova desde o ano passado e também comentou sobre a situação que o time não ganha pontos dentro de casa e joga melhor fora de seu domínios. Para ele o Tigre não esta conseguindo lidar com a responsabilidade de vencer em casa.

Nos jogos fora de casa a gente segura mais, fica bem postado e sai. Em casa é mais difícil, a gente sai toda hora. Aí acontecem os erros. Seria a melhor coisa a vitória lá no Rio, mas não podemos sair de qualquer jeito. Temos de ir com inteligência para não levar gols de contra-ataque. É trabalhar bastante. Os números não passam pela nossa cabeça durante o jogo. A gente pensa apenas em fazer boa partida.”

1 Comentário

  1. I just want to tell you that I’m new to blogging and truly savored this web blog. Almost certainly I’m likely to bookmark your blog post . You surely have outstanding article content. Bless you for sharing with us your website.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

error: Content is protected !!