Vila Nova busca saídas jurídicas para evitar crise no futebol, diz jornal

De acordo com a publicação do jornal O Popular, o departamento jurídico do Vila Nova busca saída jurídicas e outros caminhos para evitar que o clube entra em crise durante o período sem jogos em meio à pandemia do coronavírus. O assunto tem sido tratado internamente pelo clube.

Leia também

Segundo o advogado do Tigrão, Maurílio Teixeira, diz que as rescisões contratuais dos jogadores são amparadas pelas leis trabalhistas. A ideia do dirigente do Vila Nova será analisar a melhor forma, para tentar amenizar o fluxo de caixa durante esse período sem jogos.

Resultado disto, o Tigrão chegou a dispensar seis jogadores do seu elenco nas últimas semanas: o atacante Dimba, o lateral-direito Crystian, o meia-atacante Celsinho, o volante Liel, o goleiro Wallace e também o volante Francesco. A medida foi para aliviar a folha salarial do Vila Nova.

Mesmo assim, o Tigrão suspendeu as negociações e reforços já que não há como buscar novos jogadores já que o futebol está paralisado. O assunto está estagnado, mas deverá ser retomado assim que as atividades voltarem ao normal até o final do primeiro semestre.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!