Temendo a perda dos direitos de transmissão, as Federações recorrem à Rede Globo e CBF; confira

Foto: Laís Torres/CBF

Após a rescisão contratual da Rede Globo para a transmissão do Campeonato Carioca, muitos dirigentes de Federações pelo país temem que os seus estaduais passem pelo mesmo processo, o chamado efeito dominó. Muitos deles, aliás, encheram a emissora carioca e a própria CBF de ligações e mensagens, pedindo para que nada seja alterado nas transmissões. Eles garantiram, inclusive, que o calendário dos estaduais será respeitado, mesmo que com o atraso, devido à pandemia da Covid-19.

Sobre isso, o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, se pronunciou em entrevista à rádio Bandnews FM. “Houve um grande aperto, mas vamos resgatar o calendário completo. Não há nenhuma mudança, cancelamento ou mudança no nosso planejamento”, garantiu o dirigente da entidade.

A Rede Globo, há anos, é a principal responsável pelas transmissões da maioria dos estaduais, assim como, das principais competições nacionais e grande parte do faturamento dos clubes é relacionado às vendas dos direitos de transmissão. Com a nova medida provisória, assinada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, as transmissões de televisão estão sujeitas à mudança, visto que o time mandante, a partir de agora, é o responsável pelas transmissões.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!