Presidente do Vila Nova fala sobre o erro no protocolo da CBF e se solidariza com rivais

Foto: Reprodução/ TV Tigrão

Em entrevista por um áudio divulgado pela assessoria de comunicação do Vila Nova, o presidente Hugo Jorge Bravo, falou sobre o erro do protocolo da CBF com relação aos testes de Covid-19. No final de semana, os erros ocorreu não só na Série C, mas também na Série B e na série A com o arquirrival Goiás.

“Nós nos solidarizamos com todas as equipes, não só do nosso Estados, mas também dos outros, que passaram por essa aflição. O Ypiranga mesmo, teve seis atletas positivos e foi para o banco com apenas quatro jogadores. Tivemos o problema com o Imperatriz, estamos vendo o problema que está passando o Goiás, durante a semana o Atlético também passou por esse problema, afinal de contas, temos um adversário invisível”, diz.

Por fim ainda no áudio, o mandatário do Vila Nova revelou que a partir de agora os clubes visitantes poderão contratar um laboratório de confiança para a realização dos exames da Covid-19.

“Já houve uma evolução da CBF para dar liberdade aos clubes visitantes, de testarem seus atletas em laboratórios locais, para que os resultados saiam até 12 horas antes do embarque. Não existe ninguém mais interessado do que os clubes para saberem se os seus atletas estão ou não positivados”, completou.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!