Reprodução: Vila Nova FC

Noite do dia 03 de Agosto no empate por 0x0 entre Vila e Figueirense foi o velho mais do mesmo para a torcida colorada. Se na partida anterior fomos surpreendidos pela boa atuação, nessa não teve surpresa.

A velha falta de criatividade, inexistência do poder no 1×1 e principalmente a dificuldade em chutar para o gol apareceram novamente. Sem contar nossos erros defensivos,  contando com a sorte de ser um time que não vem em boa fase. Sinceramente, estou com pena de Marcelo Cabo.

O Jogo:

Treinador optou nessa partida por retornar Wesley Matos, Joseph e Mateus Anderson para o time. Não comprometeram, porém seria interessante dar sequência para a equipe que foi tão bem na rodada anterior. A chance mais clara do jogo saiu de uma falta batida por Neto Moura, bela defesa do goleiro adversário. Atleta esse que merece comentários, depois de boa partida voltou a errar passes bobos e se omitir do jogo, foi sacado no intervalo.

De forma geral, o vila teve mais volume de jogo, porém sem efetividade, faltou criatividade, acelerar o jogo e se impor mais com jogadas individuais.

Segundo tempo voltando com um centroavante de ofício, Bruno, vila continuou com a posse de bola, porém sem aproveitar o domínio do jogo, além disso, talvez pelo nervosismo a zaga, especialmente Jussani quase conseguiram entregar a partida de bandeja.

Nessa altura do campeonato está difícil não olhar para o futuro com a velha preocupação.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!