Itamar Schulle atualiza status da situação do Vila Nova na Série B




Em entrevista coletiva, o técnico Itamar Schulle abriu o jogo e explicou porque utilizou o goleiro Alan Bernardon entre os titulares nos treinamentos no começo da semana e durante o duelo contra o Figueirense voltou com Rafael Santos na equipe titular.

“Uma coisa é ter o jogador como opção, outra coisa é colocar ele em situação de jogo. Nós fizemos um treinamento com mudanças, porque eu tenho que conhecer o atleta, como ele se porta quando tá na equipe de cima”, esclareceu o treinador.

Questionado sobre as pretensões do Tigrão, o treinador falou: “Hoje a gente perdeu gols que não se pode perder. É um cuidado que eu tenho, de trabalhar a finalização. Isso é conversado com os atletas para ter a tranquilidade de tornar as oportunidades em gols, porque aí a situação não estaria como hoje”, lamenta.

Por fim, o comandante abriu o jogo sobre o desempenho do Vila contra os catarinenses: “As duas esquipes buscavam a vitória, o Figueirense teve um pouco mais de posse de bola, mas as chances claras, reais, nós tivemos e poderiamos ter feito o gol, e acabamos disperdiçando”, lamentou, porém, valorizando o ponto ganho. “Mesmo diante da situação que o Vila Nova se encontra, nós somamos um ponto e continuamos bem vivos na competição”, afirmou.







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

error: Content is protected !!