Frontini destaca volta por cima após ser barrado pelo ex-presidente, que preferiu renunciar “no momento mais decisivo”

Autor do segundo gol do Tigrão na vitória de 2 a 1 sobre o Goiás, Frontini desabafou na saída de campo. Além de celebrar o triunfo histórico do colorado, que não batia o rival pelo Campeonato Brasileiro há 37 anos, o atacante cutucou o ex-presidente Guto Veronez, que renunciou no início da semana e com quem teve entrevero em meados de agosto. Na ocasião, o jogador foi barrado e ficou longo período sem sequer ser relacionado.

– Momento complicado. Um mês e meio treinando separado. É difícil até de falar, pois a pessoa que me colocou para treinar separado foi a pessoa que insistiu para eu voltar aqui. E que no momento mais decisivo, quando precisamos dela, se acovardou e saiu. Eu não. Eu continuei e fiquei. Acho que esse clube não admite esse tipo de situação: se acovardar. Independente da situação, tem que ficar até o final e não ter outra postura – sentenciou o goleador.

Sobre a estratégia para vencer o jogo, Frontini disse que o Tigrão reconhecia estar fragilizado pelos sete desfalques e não hesitou em entrar mais fechado, jogando no erro do Goiás.

– Conseguimos fazer um grande jogo. Entramos esperando eles. Não é porque o Goiás perdeu que deixa de ser grande. É uma grande equipe, sim. Vamos continuar a caminhada e, se Deus quiser, brigar na parte de cima da tabela. Esse é o objetivo – disse otimista.

O gol de pênalti foi o quarto na Série B, o primeiro desde que foi reintegrado ao elenco. Animado, Frontini se coloca à disposição para continuar contribuindo com o Tigre na reta final da Série B, mas reforça que em momento algum se recusou a jogar ou treinar.

– Na verdade, eu sempre estive. Um momento com o grupo, um momento em separado, mas nunca deixei de estar. Minha cabeça sempre esteve aqui. Isso é que é importante. Ter seriedade e consciência de estar fazendo a coisa certa. Vocês que cobrem o dia a dia viram isso. O mais importante é que o Guilherme sempre contou comigo. Essa foi uma das razões para eu continuar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!