Fabinho prefere não questionar torcida, mas diz que Saulo não merece vaias

Jogador completa 33 anos e se mostra feliz em estar no tigrão (foto e reprodução: VNFC)

A derrota para o Avaí aos 46 minutos do segundo, ainda é motivo de raiva entre os torcedores colorados, que elegeram o goleiro Saulo como maior culpado. O goleiro que falhou no segundo gol, ao não abafar o atacante do Avaí, foi alvo de duras criticas ao final da partida e nas redes sociais no dia seguinte. O técnico Guilherme Alves admitiu que não digeriu bem a derrota, além dele, o atacante Fabinho falou sobre o caso.

Não quero ficar questionando o torcedor. Eles têm o direito deles de xingar o jogador, de cobrar, mas, na minha opinião, é um cara que não merece. Sabemos que no futebol essas coisas acontecem. O que eu falei para ele é que estamos juntos. A gente sabe o que passa durante esse campeonato todo, a cobrança, tudo. Ninguém está vendo o que estamos fazendo dentro de campo, o reconhecimento. Cabe a nós jogadores nos fecharmos, nos brindar, honrar a camisa da Vila para ainda, se houver a mínima chance de subir, lutar até o final.

O experiente jogador, aproveitou para ressaltar o caráter do grupo e que é um grupo de homem, e assim eles não merecem ouvir certas coisas que falam sobre eles.

Já passei por muitos grupos. Havia muitos caras que não estavam nem aí para a situação do clube. Largavam e deixavam o barco afundar. Vou enaltecer esse grupo até o fim do campeonato. É um grupo de homem. Por tudo o que aconteceu durante esse campeonato todo, por esse tumulto que está sendo criado, pelas coisas que vêm fora de campo. Eu, como um dos líderes, capitão do time, vou defender cada atleta, pois não merecemos ouvir certas coisas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!