Estaduais não impedem desemprego em massa de jogadores no Brasil, diz site




De acordo com o jornalista Rodrigo Mattos, no site do UOL Esporte, os Estaduais deste ano não impedem desemprego em massa de jogadores de futebol, como aconteceu nos últimos anos. No total são mais de 90 min atletas profissionais registrados e apenas 11.551 com contratos ativos.

Com isso, quase 90% deles não tinham clube, os números são do estudo da EY encomendado pela CBF sobre o impacto econômico do futebol brasileiro, que referem-se ao ano de 2018.

Leia também

Outra discussão do calendário é a CBF e as federações que usam como principal argumento para a manutenção de datas de Estaduais que a reduação destes iriam causar um desemprego em massa.

Com isso, o levantamento mostra, que isso, já acontece porque, na atual realidade, não tem torneios no Brasil que possam sustentar tantos jogadores em atividades.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!