É desesperador o que assistimos na partida de hoje (24). Somando o péssimo resultado e o que foi apresentado em campo. Fomos praticamente dominados por um time que disputa rebaixamento e tinha um jogador a menos por mais de um tempo.

O vila não tem criatividade, eu não aguento mais escrever isso e tenho certeza que vocês não aguentam mais ler. Mas passa rodada e entra rodada e isso não muda, o principal responsável por armar, ser criativo e criar oportunidades, é apático. Alan Mineiro precisa de um rumo e o mais desesperador é olhar para o elenco e não enxergar ninguém para substituir.

O time começou relativamente bem, fazia boas trocas de passe no meio campo, mas não consegue fazer mais que isso, chegar, incomodar, marcar presença. Contou com a sorte quando aos 25 minutos do primeiro tempo viu o adversário perder um jogador por expulsão. Logo em um cruzamento contou mais ainda com a sorte na trapalhada do zagueiro do Oeste colocando a bola para dentro, Vila 1×0.

Rodada passada eu falava com vocês que a teimosia do nosso treinador podia ser prejudicial, em uma mudança no intervalo comprovou isso. Ao tirar Magno amarelado e colocar Joseph, conhecido por não agregar em nada e ser constantemente punido com cartões, o treinador insistiu em um erro, queimou substituição e acabou com a única parte do time que mostrava certa consistência, o meio. Não criava, mas pelo menos conseguia manter a bola minimamente no pé. Joseph logo levou cartão, a partir disso vimos um quase vexame, o domínio de uma equipe desfalcada e correndo para recuperar o placar. Não demorou Bruno Lopes empatou a partida e o Oeste poderia ter virado com um pênalti não marcado pelo árbitro.

Único que tenta fazer o diferente com um drible, chutes de fora da área é o Robinho, quase fico com dó da sua luta para mudar as coisas.

Chegou o momento de buscar até ajuda do alto. Nada parecedar certo, e isso precisa mudar urgente.

@analivia_dias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!