Dirigente do Vila Nova fala sobre a decisão da Prefeitura em liberar retomada dos treinos

Foto: Ruber Couto/ Globo Esporte.com

Em entrevista para a Rádio Sagres 730, o vice-presidente do Vila Nova, Vinicius Cirqueira e atual deputado estadual falou sobre a decisão da Prefeitura e do Governo do Estado em autorizarem os clubes da capital a retomarem os treinamentos na próxima semana.

Leia também

“O Estado, através do COE (Centro de Operações de Emergência do Estado de Goiás), não se manifestou ainda. Apesar que após a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de que as Prefeituras tem essa autonomia de falar sobre o município, essa decisão já dá o suporte necessário para poder garantir que os treinamentos possam ser feitos pelas equipes do futebol profissional. Mas acredito que essa liberação também deve acontecer a nível estadual porque tem outras equipes que têm calendário para o segundo semestre e precisam dessa autorização”, explicou.

De acordo com o dirigente, o Governador do Estado sempre esteve aberto a ouvir a solicitação dos dirigentes da classe esportiva e aproveitou para alfinetar o Goiás: “O Governador sempre foi muito sensível a essa causa. O que aconteceu foi que eu vejo muita gente comemorando, mas no momento da decisão, na reunião, se colocou contrário. Aí hoje vem para a mídia se posicionando favorável. Isso é inadmissível (…) Estamos falando de várias pessoas. Falamos do Sindicato dos Atletas (SINAPEGO) e do próprio Goiás Esporte Clube que se demonstrou totalmente contrário a essa situação”, afirmou.

Por fim, o dirigente explicou que o próximo passo será se reunir com o elenco e comissão técnica para definir uma data de reapresentação: “Nós estávamos pedindo a legalidade, voltar é outro passo. Isso depende de reuniões. O Atlético, por exemplo, já está pronto para voltar. O Vila Nova vai depender de reunião com a comissão técnica e diretoria. Vamos nos adaptar e dar todos os protocolos de segurança para os nossos profissionais. Quem quiser voltar vai poder voltar, era isso que estávamos brigando. Aconteceu de forma legal e segura para os nossos atletas”, destacou Vinícius Cirqueira.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!