Base do Vila Nova tem ajuda de assistência social para auxiliar jovens durante à pandemia

Foto: Matheus Alves/Site Oficial do Vila Nova

Em entrevista para a Rádio Sagres 730, o diretor de futebol de base do Vila Nova, Rafael Fernandes, explicou como está sendo o trabalho da assistência social para auxiliar os jovens da base colorada em meio à pandemia pelo novo coronavírus.

“Está sendo bem difícil, ainda mais falando de atletas, e a grande maioria são crianças, então acaba abalando muito psicologicamente. Temos feito até um trabalho em conjunto com a assistente social do clube para não deixar eles muito sozinhos. É uma situação bem atípica e muitos sentiram essa parada, que frustra seus sonhos”, diz.

Questionado sobre a posssibilidade do calendário da base ser suspenso em 2020, o dirigente explicou: “seria muito ruim não só para nós que vivemos disso, mas principalmente para o futuro do futebol brasileiro. É um ano que seria perdido e acredito que a categoria de base tem jeito, ela é o futuro dos clubes. Seria uma perda absurda e sem tamanho, não tem nem como explicar o real impacto disso”, completou.

Por fim, o dirigente colorado explicou o seu ponto de vista ao ser questionado sobre a volta ao futebol: “às vezes as pessoas não entendem por que estamos batendo pela volta do futebol, e não é só entretenimento, muita gente que depende disso para viver. O futebol é uma indústria muito forte e envolve muita gente de diversos setores, então tem que ter muito cuidado com isso, porque não é só um ‘joguinho”, completou.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!