“A multa é R$ 3 milhões”, diz presidente sobre assédio de clubes da Série A por capitão do Vila

Foto: André Costa/O Popular

Ecival Martins abriu o jogo sobre a situação do zagueiro Wesley Matos e garantiu que a multa do defensor colorado é de três milhões de reais e que o atleta não sairá do Tigrão de graça. Por outro lado, o dirigente mandou seu recado para os possíveis interessados no atleta.

– A multa é R$ 3 milhões. Nenhum jogador do Vila sai de graça. É preciso ter a dignidade de vir falar com o presidente. Se for falar com o jogador vai dar com a cara na porta. Ninguém sai do Vila Nova achando que somos bobos – disse Ecival à Rádio CBN.

Com o triunfo na última rodada antes da pausa para a Copa América, o Tigrão conseguiu zerar o seu saldo de gols e fez seis gols até o momento na Série B do Campeonato Brasileiro, mas tomou os outros seis gols dos adversários que enfrentou até o momento. Até o momento, o aproveitamento gira em torno de 41.7%.

Agora, o próximo compromisso do Vila Nova será após o término da Copa América e acontece no dia 13 de julho, sem horário definido pela CBF, contra o Atlético-GO. Com o mando da equipe atleticana, que deverá mandar o jogo no estádio Antônio Accioly e com torcida única e provavelmente será igual nos moldes que foi no Goianão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

error: Content is protected !!