Presidente do Vila Nova descarta ‘mala branca’ na reta final da Série B

Foto: Diário de Goiás

Dependendo de outros times para buscar o acesso à Série A, o presidente Ecival Martins descartou utilizar a ‘mala branca’ durante a reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. Para o mandatário colocado, o clube vai buscar os seus resultados com as próprias pernas.

“Não vamos usar desse expediente por um motivo muito simples: nós não temos recursos. No Vila, todo mundo sabe que o nosso orçamento é muito estreito, que nós dificilmente conseguimos nossas obrigações. Nenhum jogador hoje entra com vontade de perder, pois   todos pensam na sua carreira e os jogos são transmitidos. Se o Vila subir será pelos seus méritos”, disse o presidente em entrevista para a Rádio Sagres 730.

Na análise do mandatário, o presidente aposta nos resultados paralelos e o Vila fazendo sua parte para buscar o acesso à Série A: “Foco em cima de irregularidade que existe. Eu acredito que com o trabalho que tá sendo feito agora, a qualidade do nosso time e a confiança, nós temos condições de comemorar o acesso”, completou.

Por fim, o presidente falou sobre a possibilidade de oferecer uma premiação extra por vitórias na reta final: “Nesse caso específico, já definida a premiação pelo acesso. Os jogadores estão conscientes e ninguém cobra nesse sentido. Eu posso falar pra você que dentro do Vila Nova nunca houve pressão. Quando surgiu algo novo, partiu do presidente. Um exemplo é o Wesley Matos  naquele jogo contra o Goiás, quando ele disse que o grupo não queria algo a mais”, ressaltou Ecival Martins.

Os comentários estão encerrados.